AUTOATENDIMENTO
 

ATENDIMENTO PERSONALIZADO

A Uniso liga para você!
Tire dúvidas e saiba como se matricular.

Nome:
Email:
DDD:  Telefone:

Engenharia de Alimentos


Turno  Manhã / Noite

Turno  Bacharelado

Duração  10 semestres


A partir de:

R$  673,00*

Engenharia de Alimentos

Grade e Corpo Docente



Apresentação




O curso de Engenharia de Alimentos visa à formação de profissionais capazes de desempenhar as atividades de engenharia aplicadas à indústria de alimentos. Envolve conhecimentos de ciência, tecnologia e engenharia, visando o projeto, a otimização e operação de processos e a concepção e desenvolvimento de produtos alimentícios. Seu objetivo principal é a formação integral de profissionais comprometidos com a ética e a cidadania, com habilidades para agregar valor a matérias-primas agropecuárias através do projeto, desenvolvimento, supervisão e controle da qualidade de processos agroindustriais.

 

Objetivos Específicos

A estrutura curricular proposta tem como foco a formação integral, estruturada em seis eixos: Fundamental, Ciências Aplicadas aos Alimentos, Tecnologia de Alimentos, Gestão Empresarial, Engenharia do Processamento de Alimentos e Implantação Industrial. Essa estrutura possibilita que o Engenheiro de Alimentos possa:

  • projetar e especificar instalações industriais, equipamentos, linhas de produção e utilidades, bem como estudar a viabilidade técnico-econômica para a implantação de empreendimentos na área;
  • estudar, especificar, controlar a qualidade, recomendar e controlar as condições de armazenamento de matérias-primas;
  • estudar a viabilidade técnico-econômica para o lançamento de produtos;
  • especificar, recomendar e controlar as condições de estocagem, controlar a qualidade, estudar aplicações e fazer o desenvolvimento técnico de produtos;
  • especificar materiais e fazer o dimensionamento geométrico e funcional de embalagens, recomendar as condições e orientar o processo de embalagem de alimentos;
  • especificar, supervisionar e controlar a qualidade das operações de processamento, auditar e fiscalizar, bem como conduzir o desenvolvimento técnico de processos.

 

Perfil do Egresso / Campo de Atuação

O Bacharel em Engenharia de Alimentos ou Engenheiro de Alimentos atua no desenvolvimento de produtos e de processos da indústria de alimentos e bebidas, em escala industrial, desde a seleção da matéria prima, de insumos e de embalagens até a distribuição e o armazenamento. Projeta, supervisiona, elabora e coordena processos industriais; identifica, formula e resolve problemas relacionados à indústria de alimentos, acompanhando o processo de manutenção e operação de sistemas. Atua no controle e na garantia da qualidade dos produtos e processos. Desenvolve tecnologias limpas e processos de aproveitamento dos resíduos da indústria de alimentos. Busca o desenvolvimento de produtos saudáveis, com características sensoriais que atendam ao consumidor. Coordena e supervisiona equipes de trabalho, realiza estudos de viabilidade técnico-econômica, executa e fiscaliza obras e serviços técnicos e efetua vistorias, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres técnicos. Em sua atuação, considera a ética, a segurança e os impactos socioambientais.

 

Base Legal

  • Início de Funcionamento:04/02/2013.
  • Autorização: Resolução CONSU nº024/2012, publicada em 28/08/2012.

Matriz Curricular (Grade)


Matriz (grade) vigente a partir do 1º Semestre de 2016.



Engenharia de Alimentos


Componentes Curriculares Créditos C.H.
Módulo 1
INTRODUÇÃO À ENGENHARIA 2 40
MATEMÁTICA 2 40
LÍNGUA PORTUGUESA: TEXTO E CONTEXTO 4 80
DESENHO TÉCNICO 2 40
CULTURA, RELIGIOSIDADE E MUDANÇA SOCIAL 2 40
CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 1 4 80
QUÍMICA GERAL E EXPERIMENTAL 4 80
Módulo 2
CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 2 4 80
DESENHO TÉCNICO AUXILIADO POR COMPUTADOR 4 80
FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL 1 4 80
ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA 4 80
METROLOGIA 2 40
CIÊNCIA E TECNOLOGIA DOS MATERIAIS 2 40
Módulo 3
CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 3 4 80
FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL 2 4 80
EDUCAÇÃO AMBIENTAL 2 40
ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL 2 40
FENÔMENOS DE TRANSPORTE 4 80
CÁLCULO NUMÉRICO 2 40
ADMINISTRAÇÃO APLICADA À ENGENHARIA 2 40
Módulo 4
FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL 3 4 80
GESTÃO DE PESSOAS 2 40
TEORIA ECONÔMICA 2 40
ESTATÍSTICA 4 80
ELETRICIDADE APLICADA 2 40
ERGONOMIA E SEGURANÇA DO TRABALHO 2 40
MECÂNICA DOS SÓLIDOS E RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS 4 80
Módulo 5
FUNDAMENTOS DE OPERAÇÕES UNITÁRIAS 4 80
QUÍMICA ORGÂNICA 4 80
TERMODINÂMICA 4 80
QUÍMICA ANALÍTICA: QUALITATIVA E QUANTITATIVA 4 80
HIGIENIZAÇÃO INDUSTRIAL 4 80
Módulo 6
FÍSICO-QUÍMICA: CINÉTICA QUÍMICA 2 40
TECNOLOGIA DE VEGETAIS 4 80
BIOQUÍMICA 4 80
FUNDAMENTOS DE TRANSFERÊNCIA DE CALOR E MASSA 4 80
MICROBIOLOGIA GERAL 2 40
ANÁLISE DE ALIMENTOS 4 80
Módulo 7
BIOTECNOLOGIA 4 80
MICROBIOLOGIA DE ALIMENTOS 4 80
ANÁLISE INSTRUMENTAL 4 80
TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS 4 80
QUÍMICA E BIOQUÍMICA DE ALIMENTOS 4 80
Módulo 8
PROJETO E DESENVOLVIMENTO DO PRODUTO 4 80
TECNOLOGIA DE CARNES 4 80
OPERAÇÕES UNITÁRIAS APLICADAS 1 4 80
TECNOLOGIA DE CEREAIS E PANIFICAÇÃO 4 80
TECNOLOGIA DE BEBIDAS 2 40
GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE ENGENHARIA 2 40
Módulo 9
ANÁLISE SENSORIAL DE ALIMENTOS 4 80
PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DE AGROINDÚSTRIA 1 4 80
INSTRUMENTAÇÃO, CONTROLE E SIMULAÇÃO DE PROCESSO 4 80
EMBALAGENS PARA ALIMENTOS 4 80
TECNOLOGIA DE CAFÉ, CACAU E CANA-DE-AÇÚCAR 2 40
PRÁTICA DE PESQUISA: PROJETO 2 40
Módulo 10
PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DA AGROINDÚSTRIA 2 4 80
PROCESSOS GERENCIAIS DA QUALIDADE 2 40
ELETIVO 4 80
TRATAMENTO DE RESIDUOS E EFLUENTES INDUSTRIAIS 4 80
NUTRIÇÃO E DIETÉTICA 2 40
MODELAGEM, ANÁLISE E SIMULAÇÃO DE SISTEMAS 2 40
PRÁTICA DE PESQUISA: TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 2 40

 

 

 

ESTÁGIO SUPERVISIONADO - ENGENHARIA DE ALIMENTOS 12 240
ATIVIDADES COMPLEMENTARES - ENGENHARIA DE ALIMENTOS 12 240
TOTAL GERAL 224 4480

Matriz Curricular (Grade) sujeita a alterações.


Observações:


1. Os componentes curriculares acima elencados seguirão um Plano de Estudos Aconselhado pela Uniso, existente no Projeto Político-Pedagógico do Curso.


2. Em conformidade com o § 2º do art. 3º do Decreto nº 5.626/2005, os alunos poderão cursar, também, o componente curricular Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS (2 créditos/40 horas-aula), como “componente curricular optativo”, que será adicionado ao seu currículo e constará de seu histórico escolar


Corpo Docente


Clique e conheça os projetos, as pesquisas e a experiência profissional dos professores.

Mensalidade


MensalidadeValor
Mensalidade integral*R$ 1346,00
Mensalidade com 50% de desconto**R$ 673,00
*Valor referente à mensalidade para o ano de 2017 e válida até a data de vencimento do boleto.
**Desconto de 50% (cinquenta por cento), para o turno da manhã, até a data de vencimento do boleto, nas mensalidades dos primeiros semestres letivos, de acordo com o edital do processo seletivo. Após este período, a transferência é automática para o turno da noite, com mensalidade no valor integral.
**Confira o edital do processo seletivo.

Fale com a Coordenação


Critérios de Avaliação


REGULAMENTO ACADÊMICO DA UNIVERSIDADE DE SOROCABA


CAPÍTULO V DA FREQUÊNCIA E DAS NOTAS

Art. 38. Para ser aprovado, o aluno de cursos de graduação deverá ter, no mínimo, 75% de frequência do total da carga horária de cada componente curricular, bem como ter, no mínimo, nota 6,0 (seis), numa escala de 0,0 (zero) a 10,0 (dez), com intervalo de 0,5 (meio) ponto.


Consulte o
Regulamento

Requisitos


REGIMENTO DA UNIVERSIDADE DE SOROCABA


Seção II

DO INGRESSO NOS CURSOS E NOS COMPONENTES CURRICULARES DE GRADUAÇÃO

Art. 34. Os cursos de graduação são abertos a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente.

Parágrafo único. O ingresso nos cursos de graduação se dará:

  1. por processo seletivo ou por outra forma legal;
  2. sem processo seletivo, para candidatos portadores de diploma registrado de curso de graduação, na existência de vagas remanescentes.


Consulte o
Regimento

Inscreva-se!


creduniso

Duração (tempo de integralização):
Mínimo: 10 semestres
Máximo: 15 semestres


Modalidade:
Bacharelado


Horário das aulas:
Manhã ou Noite


Coordenador(a):
Profa. Dra. Elaine Berges da Silva


Última Atualização:
01/12/2016 - 13:56:31

Esta página está de acordo com a Lei nº 13.168, de 6 de outubro de 2015.